Relato da semana – O cachorro comeu!

De todas as vezes que ouvi a frase “o cachorro comeu”, elas se aplicavam a alguma situação literatura adentro e talvez por isso não costumava acreditar nesse tipo de sentença. Eis que aconteceu, fui posta à prova ao conhecer alguns filhotes furiosos, mais especificamente dois, o mais curioso, sendo ‘nenhum’ propriamente meu.

Dentre os itens que lembro, ressalto: três batons, um carregador, papéis importantes, demaquilante e o último mas não menos doloroso, talvez até mais, óculos de grau novinho. Não sou muito boa com números, mas contabilizar esse prejuízo nos quesitos valor e sentimento afirmo, é pior do que qualquer Teorema de Pitágoras.

Mas afinal, tem como resistir a esses focinhos gelados e olhos brilhantes?! É verdade, ainda não superei, nem acho que vou superar, mas eu não ousaria criar uma úlcera onde não é preciso. Assim sigo a vida, me preocupando quando devo, relevando sempre que necessário, mas  principalmente, dando o troco nesses bichinhos da forma mais proveitosa: os esmagando mesmo quando não o querem que eu faça.

IMG_2082-2 copiar

(Conheçam Charlie, uma das personagens desse texto)

Gostaram?! A ideia é relatar alguns acontecimentos da minha vida (sejam eles bons ou ruins como puderam perceber), semana a semana.  Apenas relatos mesmo, textos curtos com meus casos e acasos. Se a vida me dá alegrias, tristezas e fatos engraçados, que eu pelo menos possa compartilhar com o mundo! haha

O que acharam? Comentem e deem ideias de novas postagens, adoro quando vocês deixam suas opiniões aqui. Obrigada sempre!

Um beijo e tchau ❤